Cancelar
Acesso CNTV

Com inédita participação, vigilantes de Uberlândia reelegem uma mulher para presidir seu sindicato. Avante, Francielen!

06Out

Encerrou na madrugada desta quinta-feira (5) a apuração da eleição realizada nos dias 2, 3 e 4 de outubro para escolha da direção do Sindicato dos Vigilantes de Uberlândia e Região. Em um registro inédito na categoria, cerca de 95% dos vigilantes aptos a votar compareceram às urnas e confirmaram a Chapa 1, liderada pela companheira Francielen Ribeiro da Silva para estar à frente da entidade pelos próximos quatro anos.

 Apoiada pela CUT e pela Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), a Chapa 1 derrotou a chapa do ex-presidente afastado pela justiça por irregularidades, além de seus aliados patronais. Apesar disso, empresas como a Esparta Segurança, Assegurar, Rodoban e Algar chegaram a colocar gerentes e chefes na porta do sindicato nos dias da eleição para mobilizar vigilantes a votarem na chapa de oposição. Não bastasse isso, o patronal queria retirar as urnas itinerantes e obrigar os vigilantes a votarem apenas na sede do sindicato. Ainda, um carro da empresa ficava na porta da entidade mapeando cada trabalhador que votava. Contra todos esses absurdos, a CNTV e o Sindicato entrarão com medida judicial na Organização Internacional do Trabalho (OIT) e no Ministério Público do Trabalho (MPT).

“A categoria derrotou essa aliança suja e não deixou que seu sindicato voltasse para a mão de traíras e patrões”, comemorou o presidente da CNTV José Boaventura.

“Já a companheira Francielen demonstrou ser uma Vigilante com V maiúsculo, guerreira e comprometida a lutar pela defesa dos interesses dos trabalhadores, contra a reforma e roubos de direitos, por vigilante 24 horas nas agências bancárias e contra os patrões caloteiros”, completou.

“Lamentavelmente, o sindicato de Uberlândia tem um histórico de afastamento de presidentes por decisão judicial. Não é possível que uma categoria, que a cada dois anos prova a sua honestidade, seja obrigada a conviver com “ficha suja”. Temos certeza que Francielen e sua equipe vão botar ordem na casa, como já vêm fazendo no mandato tampão, e honrar os honestos e combativos vigilantes do triângulo mineiro”, concluiu Boaventura.

 

Fonte: CNTV

0 comentários para "Com inédita participação, vigilantes de Uberlândia reelegem uma mulher para presidir seu sindicato. Avante, Francielen!"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.