Cancelar
Acesso CNTV

A cada três dias um terminal é atacado na RMC

01Ago

Um caixa eletrônico de um supermercado próximo ao Jardim Paulista, em Campina Grande do Sul, foi o mais recente entre os atacados no Estado. Foi na madrugada de ontem. Os arrombadores renderam o vigia e depois explodiram o terminal. Segundo levantamento do Sindicato dos Vigilantes do Paraná (Sindivigilantes), este foi o o caso 124 neste ano, sendo que mais da metade — 66 — foram na Grande Curitiba. Em média, a cada três dias, um caixa eletrônico é atacado na Região Metropolitana de Curitiba desde o começo do ano.
Dos 124 casos levantados neste ano no Paraná, 103 foram de ataques aos caixas eletrônicos, com 61 explosões e 42 arrombamentos, 18 assaltos/tentativa as agências bancárias e 3 saidinhas de banco. É um ataque a caixa eletrônico a cada dois dias no Paraná. Curitiba e Região Metropolitana lideram o ranking com 66 ataques a banco, sendo 59 ataques a caixas eletrônicos, 5 assaltos/tentativa a banco e 2 saidinhas de banco.
Os números de 2012 já ultrapassam 220% em relação ao mesmo período de 2011 onde formam registrados 56 ataques, (32 explosões/arrombamento e 24 assaltos/ tentativa a banco). Para o presidente da Federação e do Sindicato dos Vigilantes de Curitiba e Região, João Soares, o motivo do aumento dos ataques é devido a irresponsabilidade dos bancos que se preocupam apenas com a segurança do dinheiro, a falta de lei estadual ou municipal que defina critérios para instalação dos caixas eletrônicos e a facilidade com que os bandidos têm para adquirir os explosivos.

0 comentários para "A cada três dias um terminal é atacado na RMC"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.