Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes mantêm greve e interditam rua no Centro de Manaus

04Mai

Mais de 400 vigilantes estão em frente à sede do Banco do Brasil, no Centro de Manaus, desde o começo da manhã desta quinta-feira (3). Eles reivindicam aumento salarial. A greve está no segundo dia e mobiliza mais de mil trabalhadores. De acordo com os grevistas, o movimento só irá ser encerrado quando as reivindicações foram atendidas.

Segundo o vigilante Ivan Duarte, os manifestação ficarão mobilizados durante todo o dia. Ele disse que a categoria aguarda uma contraproposta do sindicato patronal. "Não recebemos nenhuma resposta. Vamos radicalizar. Vamos para o Distrito Industrial", disse ao G1.

Duarte explicou que a categoria tem jornada diária de 12 horas, salário fixo de R$ 705, ticket alimentação de R$ 9, e o risco de vida é de 20% sobre o salário. Segundo ele, foi oferecido reajuste de 6%, mas a categoria rejeitou. O movimento é independente e não tem o apoio do Sindicato dos Vigilantes de Manaus.

"Queremos que isso mude, não dá mais para esperar. O Sindicato não está apoiando essas reivindicações, e por isso, decidimos realizar um movimento independente. Há problemas na entidade, mas não vamos aguardar isso mudar para depois brigarmos pelos nossos direitos", declarou.

O movimento grevista interditou o trânsito da Rua da Instalação, no Centro da Capital. Eles prometem ainda sair pelas ruas da cidade para mobilizar mais trabalhadores. "Nós já baixamos para 25%, depois para 17%, e ainda assim o sindicato patronal continua a oferecer 9,52%", disse Elias Vieira da Comissão de Negociação.

Policiais do batalhão de choque e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus estão no local para tentar controlar a situação no local.

0 comentários para "Vigilantes mantêm greve e interditam rua no Centro de Manaus"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.