Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes do DF encerram greve e retornam imediatamente ao trabalho

31Jan

Em ) - 10 13 15

O Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF) decidiu em assembleia nesta segunda-feira (30) interromper a greve iniciada na noite da última quinta-feira (26). Os vigilantes concordaram em retornar a seus postos de trabalho até as 22h desta segunda.

Eles aprovaram proposta de aumento de salário de 20% (que inclui ganho real e risco de vida), tíquete-refeição de R$ 17. Ficou acertado também que o Sindicato das Empresas de Segurança Privada tem 60 dias para apresentar uma proposta de plano de saúde.

A proposta aprovada foi acertada em reunião com as empresas no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) nesta segunda. Os grevistas reivindicavam aumento de 15% no salário e tíquete-refeição diário de R$ 25. Hoje, o salário base é de R$ 1.299 e o tíquete, de R$ 13,50. Eles pediam também o cumprimento de um acordo que acordo teria estabelecido adicional por risco de vida de 30% de 2010 a 2014.

“Não é o que a gente queria, mas foi um acordo bom. A gente avalia de forma positiva porque na audiência os ânimos se exaltaram e foi o que deu para negociar”, disse o diretor do Sindesv-DF, Gervalino Rodrigues. O encontro no Tribunal durou aproximadamente três horas.

Do lado de fora do TRT, na 513 Norte, cerca de 8 mil trabalhadores esperavam para votar a proposta apresentada, segundo estimativa do sindicato. Representantes de outros sindicatos e o presidente da Central Única dos Trabalhadores no DF (CUT-DF), José Eudes Oliveira , foram até a concentração e manifestaram apoio á categoria.

O Sindesv-DF afirma que 70% dos 18 mil vigilantes do DF aderiram à paralisação. Eles trabalham em bancos, prédios públicos e privados.

Multa
Na sexta, o Tribunal Regional do Trabalho no Distrito Federal determinou que 60% dos empregados voltassem aos postos de vigilância sob pena de multa diária de R$ 150 mil. O Sindesv entrou com pedido de pedido de detalhamento do cumprimento da decisão.

Esse pedido foi rejeitado pelo TRT, mas Rodrigues afirma que o sindicato só foi notificado da decisão nesta segunda e que por voltar hoje ao trabalho, não será necessário pagar a multa.

Transtornos
Durante a greve, bancos e serviços públicos, como hospitais e zoológico, fecharam ou reduziram o atendimento por causa da falta de vigilantes. A paralisação provocou o fechamento das agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil (BB). Apenas 30% das agências do Banco de Brasília (BRB) funcionaram.

O zoológico ficou fechado no final de semana e hospitais do DF fecharam alguma portarias. A Secretaria de Saúde informou que pediu apoio à Casa Militar do governo do Distrito Federal e da Secretaria de Segurança Pública para suprir a segurança nos hospitais.

0 comentários para "Vigilantes do DF encerram greve e retornam imediatamente ao trabalho"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.