Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes protestam na Eletrobras

22Nov

Em ) - 10 40% a

Vigilantes que prestam serviço para a Eletrobras Distribuição Alagoas protestaram, na manhã desta segunda-feira (21), na sede da empresa, na Gruta de Lourdes, contra a rescisão de contratos trabalhistas. Os prestadores de serviço tentam criar um canal de diálogo com a direção da distribuidora e reverter a demissão, que, de acordo com os próprios vigilantes, partiu da Rede Eletrobras Nordeste.

O sindicalista José Cícero informou à Gazetaweb que a Eletrobras comunicou a saída dos prestadores de serviço no dia 5 de novembro e que o prazo termina nesta terça-feira. Segundo ele, 110 vigilantes que trabalham em postos da empresa em Maceió e no interior do estado devem ficar desempregados.

“O principal objetivo da manifestação é pressionar a direção para que ela abra um canal de negociação com os prestadores de serviço. Há funcionários que trabalham a quase 40 anos e agora vão ficar desempregados. A empresa alega que a medida visa a contenção de despesas, mas nós gostaríamos de discutir uma forma de permanecer prestando o serviço”, acrescentou José Cícero.

A assessoria de comunicação da Eletrobras informou que uma comissão vai se reunir com os prestadores de serviço para discutir uma solução para o impasse.

0 comentários para "Vigilantes protestam na Eletrobras"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.