Cancelar
Acesso CNTV

Chico Vigilante dá mais um passo em busca do risco de vida

25Out

Em ) - 10 30 30%

O empenho do deputado Chico Vigilante (PT) para aprovar o Projeto de Lei nº 1033, que institui o risco de vida sobre o salário dos trabalhadores em vigilância foi dado esta semana na Câmara Legislativa. O parlamentar se reuniu com a ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, na quinta-feira (20), em busca de mais apoio à aprovação do PL que cria o adicional por periculosidade sobre o salário da categoria correspondente a 30%.

“Durante mais de uma hora conversei com a ministra Ideli, que se mostrou uma conhecedora e simpatizante da categoria de vigilante. Ela sabe das necessidades dos profissionais e os riscos que se corre no exercício do trabalho com vigilância”, disse o deputado. A ministra Ideli Salvatti disse para Chico que vai ajudar a viabilizar apoios no Congresso para a aprovação da matéria.

O projeto já tramitou na Câmara Federal. Passou pelas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Assuntos Sociais, Administração e Trabalho (CAS). Nessa quarta-feira (19), Chico esteve com o presidente da Câmara Federal, Marco Maia (PT-RS) e o deputado Nélson Pelegrino (PT-BA), juntamente com o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Vigilância (CNTV) e do presidente e vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes de Minas Gerais no gabinete do presidente na Câmara. Marco Maia garantiu que assim que tão logo a pauta fique limpa das medidas provisórias, ele coloca o projeto para votação imediatamente. As medidas provisórias obstruem a pauta e impedem a votação de determinado projetos, conforme a natureza deles. É o caso, por exemplo, do PL1.033.

O deputado Nélson Pelegrino está recolhendo assinaturas de líderes de partidos na Câmara para reforçar os apoios à aprovação da proposição que beneficiará diretamente vigilantes do País inteiro. “Se Deus quiser este projeto será votado e aprovado na Câmara nas próximas semanas”, disse Chico Vigilante. O parlamentar não mede esforços para buscar apoio à aprovação da matéria. Só neste ano, se reuniu com o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, o presidente da Câmara Marco Maia três vezes, diversos parlamentares, entre eles o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP) e a ministra Gleise Hoffmann da Casa Civil. Todos estão empenhados em aprovar o projeto que garantirá o risco por periculosidade à categoria de vigilantes do Brasil todo.

0 comentários para "Chico Vigilante dá mais um passo em busca do risco de vida"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.