Cancelar
Acesso CNTV

Seguranças e vigilantes podem ter adicional de periculosidade

14Out

O deputado federal Roberto Dorner (PSD/MT) enviou requerimento à mesa diretora da Câmara dos Deputados solicitando a inclusão na pauta de votações da Casa de projeto de lei que beneficia vigilantes e profissionais de segurança privada com salário adicional de periculosidade.

De acordo com a assessoria de imprensa do deputado, a proposta de autoria da então deputada e atual senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) tramita na Casa desde 2003. No último mês de julho, o projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e ainda não foi incluído na ordem do dia para votação em plenário.

Para o deputado, a proposta deve ser regulamentada imediatamente, pois o próprio INSS já reconhece a profissão de vigilantes e empregados em transportes de valores como atividade de risco notório. Esses profissionais realizam suas funções, muitas vezes, com arma de fogo e possuem a responsabilidade de defender, até mesmo, com a própria vida, o patrimônio alheio.

De acordo com Roberto Dorner, é de extrema importância que esse projeto seja votado o mais rápido possível para que os trabalhadores dessa classe recebam a valorização que lhes cabem.

“Infelizmente vivemos em um quadro de marginalidade crescente e essa classe fica prejudicada a cada dia por não ter o amparo desse subsídio que pode servir de amparo as suas famílias, caso algo aconteça”, argumenta.

0 comentários para "Seguranças e vigilantes podem ter adicional de periculosidade"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.