Cancelar
Acesso CNTV

Polícia Federal multa nove bancos em R$ 2,4 milhões por falhas na segurança

30Set

Em ) - 10 30 30%

A Polícia Federal multou nove bancos em R$ 2,4 milhões por descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e normas de segurança, durante a 91ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP) do Ministério da Justiça, realizada nesta quarta-feira, dia 28, em Brasília. Santander, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú Unibanco foram os bancos mais punidos. A reunião foi presidida pelo novo coordenador-geral de Controle de Segurança Privada (CGCSP) da Polícia Federal, delegado Clyton Eustáquio Xavier.

Veja a relação das multas de cada banco:

- Santander: R$ 729.302,22
- Banco do Brasil R$ 640.267,91
- Bradesco R$ 385.583,02
- Itaú Unibanco: R$ 385.040,33
- Caixa: R$ 190.490,93
- BRB: R$ 31.924,06
- Banrisul: R$ 28.377,42
- HSBC: R$ 19.510,27
- BIC: R$ 10.642,06
- Citibank: R$ 10.642,06
- Total: R$ 2.431.780,28

As principais infrações dos bancos foram: falta ou o descumprimento do plano de segurança aprovado pela Polícia Federal, número insuficiente de vigilantes, alarmes inoperantes e transporte de valores feito por bancários, dentre outros itens.

"Essas multas revelam que os bancos não estão zelando pelo respeito às leis de segurança, que visam proteger a vida de trabalhadores e clientes, eliminar riscos e prevenir assaltos e mortes", afirma Ademir Wiederkehr, diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), entidade que representa os bancários na CCASP.

O sindicalista alerta que 34 pessoas foram assassinadas este ano em assaltos envolvendo bancos em todo o país, das quais 21 em crimes de "saidinha de banco", conforme pesquisa nacional da Contraf-CUT e Confederação Nacional dos Vigilantes (CNTV), que também é integrante da CCASP. "Está na hora de os bancos, que lucraram mais de R$ 27,4 bilhões somente no primeiro semestre deste ano, priorizar a segurança nos seus estabelecimentos, fazendo mais investimentos para enfrentar essa violência que apavora e mata", ressalta o presidente da CNTV, José Boaventura Santos.

Ademir destaca que a segurança é uma das prioridades da Campanha Nacional dos Bancários. "Estamos em greve nacional pelo oitavo ano consecutivo e, além de conquistas econômicas, queremos avanços sociais, como a proibição do transporte de valores feito por bancários, mais equipamentos de prevenção e medidas de combate à ´saidinha de banco´ para garantir mais segurança para trabalhadores e clientes", frisou.

Estiveram em pauta na reunião da CCASP 1.033 processos punitivos, abertos pelas delegacias de segurança privada (Delesp) nos estados. Também foram punidas empresas de vigilância, transportes de valores e centros de formação de vigilantes, com aplicação de advertências, multas e cancelamento de alvarás de funcionamento.

0 comentários para "Polícia Federal multa nove bancos em R$ 2,4 milhões por falhas na segurança"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.