Cancelar
Acesso CNTV

Bancários do Bradesco precisam exigir seus direitos em relação a segurança

21Set

O Sindicato tem cobrado exaustivamente, em reuniões com o Bradesco, desde o ano passado, mais segurança efetiva nas suas agências. Apesar de ser uma das instituições financeiras que mais lucra no país – o lucro líquido do primeiro semestre de 2011 foi de R$ 5.487 bilhões - e de possuir a segunda marca mais valorizada do Brasil, o Bradesco é um dos bancos que menos investe em segurança.

O aumento de casos de “saidinha de banco”, assaltos e sequestros de funcionários infelizmente virou rotina constante no banco, pois o Bradesco não posssui um sistema de segurança adequado, colocando em risco a vida dos funcionários, clientes e usuários.

O Sindicato alerta que em casos de violência é muito importante que as informações sejam repassadas imediatamente à entidade para que determinadas medidas legais sejam tomadas, como exigir o fechamento da agência pelo banco e realizar a troca de funcionários e vigilantes.

O Sindicato orienta ainda os bancários envolvidos diretamente em assaltos, a exigir do banco a emissão da CAT (Comunicado de Acidente de Trabalho), acompanhamento médico psiquiátrico e psicológico e reembolso das despesas com medicamentos. Em caso de sequestro, os familiares envolvidos, também terão direito ao acompanhamento médico e se necessário direito a medicamentos. Fique atento, exija e garanta os seus direitos para evitar futuros problemas.

O funcionário do Bradesco e diretor do Sindicato, Leonardo Marques, ressalta a importância do bancário ficar atento e exigir a garantia de seus direitos para evitar futuros problemas. “Qualquer dúvida ou problema que o funcionário tiver no local de trabalho, é necessário denunciar ao Sindicato”.

0 comentários para "Bancários do Bradesco precisam exigir seus direitos em relação a segurança"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.