Cancelar
Acesso CNTV

PI, CE, PB, PE e RN se unem para combater ladrões de bancos

16Ago

Em ) 13 15 a Al

Foram registrados 135 casos no estados do Piauí, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte

Cinco estados do Nordeste viraram alvo de quadrilhas especializadas em assaltar caixas eletrônicos e bancos. O ponto de partida é o interior do Ceará. Cidades pequenas, cercadas por estradas de terra, se transformaram em rotas de fuga para bandidos.

Nas pequenas cidades do interior cearense, os moradores têm vivido dias de pânico. “Eles me deram uma porrada e aí não vi mais nada. Mandaram deitar no chão”, contou um caminhoneiro. “A única coisa que não tinha ainda acontecido é assalto no banco. A população vai ficar agora com medo”, teme uma moradora.

Para explodir caixas eletrônicos e levar o dinheiro, os bandidos usam máscaras, fuzis e metralhadoras, fazem reféns e abrem fogo até contra a polícia. “Atiraram nos pneus da viatura e ficaram estrategicamente posicionados. A gente não podia sair”, disse um policial.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Ceará, já foram 15 casos este ano. Outros 135 foram registrados na Paraíba (63), Pernambuco (50) e Rio Grande do Norte (22), estados que fazem divisa com o Ceará, assim como o Piauí.

Nos 1,2 mil quilômetros de divisa do Ceará com quatro estados, as estradas são assim: pouco movimento, cercadas por mato alto, que serve como esconderijo, e principalmente com muitas estradas vicinais, que levam a outros estados. É uma rota de fuga perfeita. Não é por acaso que as quadrilhas tem preferido agir nestas regiões.

É nas estradas que os carros usados nos assaltos são abandonados e muitas vezes incendiados. Esses veículos Indicam o caminho dos assaltantes em fuga, o mesmo frequentado por motoristas apreensivos.

“Muito medo devido à buraqueira. No horário que a gente passa, não tem nem como a gente se defender com a estrada da maneira que está a͔, comentou o motorista Fabiano Silva Fernandes.

Os policiais militares dos cinco estados do Nordeste iniciaram uma operação conjunta para combater as quadrilhas. Nas estradas usadas como rota de fuga, as fiscalizações vão contar com policiais treinados, por exemplo, para identificar explosivos, além de helicóptero e cão farejador para encontrar drogas.

“Nas fronteiras fechadas, a gente vai diminuir o tráfico de entorpecentes. Vamos coibir o trânsito de quadrilhas que almejam praticar assalto a banco”, afirmou o major Francisco Rubens Campos, da Polícia Militar da Paraíba.

A ideia também é evitar o confronto dentro das cidades e compartilhar informações sobre as quadrilhas que cruzam divisas. “A partir do momento em que cada estado tenha oportunidade de saber quais as quadrilhas que atuam na sua região, quais são esses indivíduos que possivelmente estariam por trás dessas ações delituosas, propicia a nós a possibilidade de que nós os identifiquemos e prendamos”, declarou o coronel Werisleik Matias, comandante da Polícia Militar no Ceará.

0 comentários para "PI, CE, PB, PE e RN se unem para combater ladrões de bancos"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.