Cancelar
Acesso CNTV

Sindicato dos vigilantes repudia proposta de regulamentação da profissão em MS

26Mai


A vereadora Magalli Picarelli (PMDB) e o Deputado Estadual Maurício Picarelli (PMDB), propuseram na Câmara Municipal e na Assembleia Legislativa um projeto de lei que regulamenta a profissão de vigilante no âmbito municipal e estadual.

Nesta quarta-feira (25), representantes do Seesvig (Sindicato dos Empregados em Empresas de segurança e vigilância de transporte de valores de Campo Grande e Região) se manifestaram contrários ao projeto de lei apresentado, realizando uma Moção de Repúdio.

De acordo com o presidente do Seesvig, Celso Adriano Rocha, a profissão já é amparada pela Lei Federal 7.102/1983 e pela portaria da Polícia Federal 387/2006.

Ainda segundo Celso, a justificativa apresentada no projeto de lei denigre toda a classe dos vigilantes, pois insinua que os profissionais são despreparados e violentos. “Não podemos pegar um caso isolado como exemplo”, destaca Celso.

O projeto de lei ainda estabelece várias taxas a serem pagas pelos vigilantes. A moção de repúdio também foi assinada pela Confederação Nacional dos Vigilantes e pela Central Única dos Trabalhadores estadual e nacional.


0 comentários para "Sindicato dos vigilantes repudia proposta de regulamentação da profissão em MS"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.