Cancelar
Acesso CNTV

Assaltos a bancos na Bahia crescem 98% em relação a 2011, diz sindicato

17Mai

A Bahia registra 80 casos de ataques a agências bancárias de janeiro a maio deste ano, de acordo com o levantamento realizado pelo Sindicato dos Bancários do estado, divulgado nesta quarta-feira (16). Do total, 44 ocorrências tiveram como alvos os terminais.

Já em 2011, a Bahia registrou 37 crimes contra agências bancárias, segundo o sindicato. Com base nos números, a entidade calcula que a violência às instituições financeiras foi maior 98,75% entre os dois anos. Sessente e quatro casos aconteceram no interior e 16 na capital baiana.

O sindicato aponta que os crimes contra os caixas eletrônicos ocorrem fora do horário de expediente bancário e que a violência é mais acentuada no interior do estado. Entre as instituições, o Banco do Brasil foi alvo de 52 ataques. Em seguida, o sindicato indica o Bradesco, com 11 ocorrências. Logo depois está o Itaú, com quatro situações.

A Polícia Civil relata que, em janeiro deste ano, foi criado o Grupo Avançado de Repressão a Crimes contra Instituições Financeiras (Gacif), com atuação específica no interior do estado. De acordo com o balanço da corporação, de janeiro a abril deste ano foram consumados 73 assaltos no interior do estado.

No mesmo período, 35 crimes foram evitados por intervenção da polícia. O G1 tenta contato com o delegado responsável pelo Gacif, Daniel Pinheiro, mas não obtém sucesso. Na capital baiana, o combate é articulado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos.

0 comentários para "Assaltos a bancos na Bahia crescem 98% em relação a 2011, diz sindicato"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.