Cancelar
Acesso CNTV

Saques durante a madrugada vão a R$ 300, no máximo

03Mai

Em ) - 10 30 30%

Os bancos seguiram recomendação da Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e elevaram a R$ 300 o limite para saque em caixas eletrônicos das 22h às 6h.

O valor de R$ 100 era o mesmo desde 1997. A medida vale para terminais que funcionam em aeroportos, postos de gasolina, lojas de conveniências e outros locais com segurança interna.

Dentro das agências, as máquinas ficam indisponíveis a partir das 21h ou 22h, de acordo com o banco.

Entre os grandes, apenas a Caixa Econômica Federal ainda não aderiu ao novo montante, mas a diretoria está discutindo se deve aumentar o saque máximo.

Citibank, Banco do Brasil, Santander e Bradesco já adotaram o novo limite. Apesar de não declarar oficialmente o valor, o Itaú Unibanco já tem máquinas que funcionam com teto de R$ 300.

O diretor-adjunto de serviços bancário da Febraban, Walter Tadeu de Faria, diz que a mudança "era uma demanda da população".

Ele afirma que a circular recomendando o novo limite é de fevereiro, anterior a uma onda de ataques aos caixas eletrônicos, e que os últimos incidentes aconteceram com os caixas que não funcionam entre as 22h e as 6h.

VALOR AMPLIADO

- Banco do Brasil
- Bradesco
- Citibank
- Itaú Unibanco
- Santander

LIMITE

A medida é válida para os caixas automáticos que já funcionam entre 22h e 6h

0 comentários para "Saques durante a madrugada vão a R$ 300, no máximo"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.