Cancelar
Acesso CNTV

Vigilante mata colega e se suicida no Rio Grande do Sul

18Abr

Em ) - 13 15 2011

"A Ivani só dizia que ele não gostava dela", diz mãe de vigilante morta em Antônio Prado
Zero Hora - Porto Alegre/RS - ECONOMIA - 15/04/2011 - 14:52:13DiminuirAumentarPDFEmailImprimirCompartilhar Área segue isolada pela polícia


Um homicídio seguido de suicídio surpreendeu a população de Antônio Prado (RS) no final da manhã desta sexta-feira. Por volta das 11h50min, o vigilante bancário Liomar Silveira Martins, 45 anos, disparou contra a cabeça da colega de trabalho Ivani Rodrigues de Souza, 27 anos. O crime ocorreu na agência do Banco do Brasil, no centro da cidade.

Segundo relato da jornalista Marilita Calgaro, da Rádio Solaris, os funcionários da agência ouviram um tiro e viram o corpo de Ivani caído na recepção da agência. Em seguida, Liomar correu até o banheiro e se matou.

— A Ivani só dizia que ele não gostava dela — relatou a mãe da vigilante, Libera Rodrigues de Sá, 48 anos, moradora do município vizinho de Ipê.

Ivani era solteira e morava sozinha em Antônio Prado. Já Liomar morava na cidade com a mãe, uma irmã e uma sobrinha e trabalhava há cerca de 16 anos na agência.

O banco continua isolado e todos os funcionários que estavam presentes no momento do crime estão impedidos de deixar o local. A perícia foi realizada e o Departamento Médico Legal (DML) de Caxias do Sul está com um veículo em frente ao banco para retirar os corpos dos vigilantes, que estavam a trabalho da Proservi.

O fato atraiu curiosos que se concentram em grande número na Praça Garibaldi e nas janelas das residências vizinhas, aguardando o desenrolar do caso. O trânsito flui normalmente.



1 comentários para "Vigilante mata colega e se suicida no Rio Grande do Sul"
  1. user
    19 de Novembro de 2017 às 02:11:08

    Lamentável como as pessoas estão perdendo as suas vidas. Triste, nos dias atuais as pessoas não conseguem mais dialogar, e ainda, conta também com o despreparo psicológico, para profissões como seguranças, vigilantes e policiais.

Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.