Cancelar
Acesso CNTV

Golpe recebe atenção extra da polícia no grande ABC

11Abr

Em ) - 10 2010 a


A Polícia Militar do Grande ABC está intensificando o combate ao golpe conhecido como saidinha de banco. A Operação Saque Seguro tem o objetivo de orientar clientes e usuários de bancos sobre cuidados a serem tomados para evitar ações criminosas após transações financeiras.

A equipe do Diário acompanhou ontem uma viatura da Polícia Militar em uma agência bancária do Centro de Santo André. Policiais conversaram com a população e entregaram panfletos explicativos. Entre os cuidados, a corporação orienta que os usuários entrem acompanhados à agência, evitem aglomerações e não contem o dinheiro em público. Ficar atento após a saída e evitar ir a caixas eletrônicos à noite também estão entre as precauções sugeridas.

"Muitos assaltos ocorrem porque as vítimas estão desatentas. Além disso, existe a crença de que o crime só vai acontecer com o outro", avaliou a soldado Silvia Helena de Lima, que participou da operação, ontem.

O analista Milton Santos, 54 anos, aprova as orientações. "Você nunca sabe se há alguém mal-intencionado na agência. Eu já vi gente contando dinheiro na minha frente. É muito vacilo."

O segurança Daniel Bertagnoli, 28, disse que irá alertar a família. "Já peguei panfletos para meu avô e meus tios. É sempre bom prevenir", afirmou.

ASSALTOS
Outra modalidade de crime que preocupa bancários e clientes são os assaltos a agências. Segundo o Sindicato dos Bancários do ABC, só neste ano dez unidades foram assaltadas.

"Os bancos não investem em segurança. Em dois destes assaltos, os ladrões entraram por buracos no teto. Já havíamos alertado as empresas, mas nada fizeram", denunciou a presidente da entidade, Maria Rita Serrano.

Maria Rita reforça o alerta contra sequestros. "Em 2010, dois trabalhadores foram sequestrados e um sofreu ameaça. Isso está preocupante", finalizou.



Lei do biombo é aprovada por especialistas

Especialistas em segurança aprovam a criação da lei estadual que obriga os bancos a colocarem divisórias entre os caixas, com o objetivo de garantir privacidade. A lei 1236/09, de autoria do ex-deputado estadual Vanderlei Siraque (PT), foi sancionada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) no último dia 16.

"Acredito que a lei terá bom efeito, pois garante que a operação seja feita de forma reservada. Na verdade, isso já existe para o cliente especial", avalia o especialista em segurança Jorge Lordello. No entanto, ele considera que medidas semelhantes deveriam ser feitas também nos caixas eletrônicos.

O comandante da Polícia Militar na região, coronel José Luís Navarro, também vê a lei com bons olhos. Ele rebate os argumentos de que os biombos irão atrapalhar a visibilidade dos seguranças. "Hoje não existe nenhum obstáculo, e mesmo assim os crimes estão acontecendo. Não creio que isso vá atrapalhar o trabalho dos vigilantes", opina.

0 comentários para "Golpe recebe atenção extra da polícia no grande ABC"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.