Cancelar
Acesso CNTV

Vigilantes de Rio do Sul ainda sem reajuste

10Mar

Os vigilantes de Rio do Sul e região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, continuam sem reajuste salarial. Desde o início da greve, decidida em assembleia no dia 16 de fevereiro, não houve acordo entre a categoria e os representantes patronais.

A presidenta do sindicato, Evolnice Santana Flores diz que o Sindicato Patronal não manifestou interesse nas negociações. Os vigilantes têm reivindicações que vão além das definidas pelo Sindicato dos trabalhadores na Limpeza, Asseio e Conservação. “O problema é que os patrões querem uma negociação conjunta, porque as mesmas empresas que tratam de vigilância, na região, também tratam de Limpeza, Asseio e Conservação.

Por isso ,segundo Evolnice, ela participou das negociações apenas como observadora. Ela denuncia que os patrões estão forçando a desfiliação dos vigilantes do sindicato. “Aqui, quem é sindicalizado é malvisto pelos patrões”, relata.

Na semana que vem, o Sindicato quer promover um dia de solidariedade para mobilizar a sociedade do Alto Itajaí em apoio aos vigilantes da região.

A CNTV acompanha de perto a campanha dos companheiros de Rio do Sul e se solidariza com a luta da categoria.

0 comentários para "Vigilantes de Rio do Sul ainda sem reajuste"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.