Cancelar
Acesso CNTV

Bandidos explodem 4º banco na Paraíba

11Jan

Em ) 15 a acordo al


A tranquilidade e o sossego comum aos moradores do pequeno município de Gado Bravo, localizado no Agreste paraibano, foram suspensos por uma ação audaciosa de criminosos que, na madrugada de ontem, agiram na região e provocaram mais uma explosão de agências bancárias na Paraíba. Dessa vez o alvo foi o Posto de Atendimento Avançado (PAA) do Bradesco, que funciona no Centro. No domingo, os bandidos já haviam atacado um posto avançado do Bradesco, em Capim de Mamanguape, no Litoral Norte, e explodiram o caixa eletrônico, levando todo o dinheiro. Com estes ataques subiu para quatro o número de agências explodidas na Paraíba desde o começo deste ano.

Quatro homens arrombaram a porta da unidade e utilizaram dinamites para explodir um caixa eletrônico e roubar todo o dinheiro. Depois do crime, os bandidos ainda chegaram a disparar contra as residências vizinhas, para provocar medo nos moradores.

De acordo com os populares, o crime aconteceu por volta das 01h15 de ontem, quando a rua José Mariano Barbosa estava completamente vazia. Um vigilante, que mora bem próximo ao banco e resolveu sair de casa quando ouviu o barulho provocado pela ação, contou que a quadrilha era formada por quatro homens que estavam em duas motos. Armados com revólveres e pistolas, eles se preocuparam em violar uma porta de ferro que dava proteção a uma outra porta de vidro. Com o auxílio de um pé de cabra, eles conseguiram ter acesso ao posto e instalaram os explosivos na máquina.

De forma muito rápida, eles usaram apenas uma banana de dinamite. O suficiente para causar uma destruição grande. Além do caixa eletrônico, móveis e outros equipamentos que estavam dentro do local também foram danificados. Muitas cédulas foram queimadas na explosão e ficaram espalhadas.

Os bandidos conseguiram abrir a mala do caixa eletrônico e levaram todo o dinheiro. Com o barulho provocado pela explosão, alguns dos moradores resolveram sair das suas casas para verificar o que estava acontecendo, no entanto, foram surpreendidos e recepcionados com tiros. "A gente tava aqui em casa dormindo, acordamos com a explosão. Eu abri a porta pra ver o que tinha acontecido, quando vi os quatro caras em duas motos. Ao perceber que os moradores estavam acordando, os bandidos começaram a disparar contra as nossas casas" comentou o agricultor Marcelo Bezerra Braga.

A aposentada Maria de Lourdes Gabriel, de 65 anos, mora ao lado da agência bancária invadida pelos criminosos. Sozinha em casa, ela contou que ficou sem entender o que estava acontecendo e ao acordar, ficou ajoelhada, rezando. "Eu me acordei com a explosão. Só a poeira subiu e odor forte de queimado. Eu corri e fiquei por trás da cama, ajoelhada e rezando. Quando passou um tempo, que vi que o povo já estava do lado fora, abri a porta e percebi que as paredes da minha casa também foram danificadas" revelou.

O secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, disse que o setor de inteligência continua as investigações para conter o avanço dessas quadrilhas no estado. Ele informou que já entrou em contato com as agências bancárias para tentar uma conversa sobre a necessidade de mais segurança nos bancos, mas ainda não há uma data definida.

0 comentários para "Bandidos explodem 4º banco na Paraíba"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.