Cancelar
Acesso CNTV

Seguranças privados do Uruguai terminam 2010 com mobilização

06Jan

Em ) - 10 13 15

Trabalhadores das empresas multinacionais Prosegur, G4S e Securitas, assim como de emrpesas locais de segurança privada do Uruguai terminaram o ano de 2010 com ações públicas voltadas para garantir a regulamentação, da legislação trabalhista do país ,especialmente no que diz respeito aos denominados Conselhos de Salários -um mecanismo de negociação que prevê que tanto trabalhadores como empregadores pactuem ajustes progressivos aos salários de um grupo de atividades em períodos de tempo estabelecidos por lei.

No caso do setor de segurança privada, até o meio de dezembro, os Conselhos de Salários estavam parados, por falta de negociações.

Apenas nas vésperas das festas de Fim de ano foi possível vislumbrar alguns avançois, resultado de manifestações impulsionadas por sindicatos que organizam e representam os trabalhadores de segurança p rivada, em sua maioria reunidos naFederación de Empleados de Comercio y Servicios (FUECYS).

No dia 23 de dezembro, ocorreu mua primeira reunião dos Conselhos de Salários desse ramo de atividades que abriram a possibilidade de um reajuste salarial entre 13% e 15% para todos os trabalhadores do setor.

As negociações entre os representantes empresariais e as organizações sindicais prosseguem e a expectativa é de que, ainda em janeiro de 2011 o acordo deverá ser assinado.

0 comentários para "Seguranças privados do Uruguai terminam 2010 com mobilização"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.