Cancelar
Acesso CNTV

Funcionários da Proforte param pedindo melhores condições de trabalho

20Dez

Em ) - 15 30 30%


Aproximadamente 150 funcionários da Proforte, especializada em transporte de valores, realizaram, na manhã desta sexta-feira (17), uma paralisação de três horas em Londrina. Segundo o Sindicato dos Empregados em Empresas de Transporte de Valores e Escolta Armada do Paraná (Sindeesforte), a empresa não quer formalizar a eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) como forma de não garantir estabilidade no emprego.

O diretor do Sindeesforte Marcelo da Silva Pinheiro denunciou que os funcionários da Proforte trabalham sob forte pressão psicológica dos diretores da empresa. Ele afirmou que, na quinta-feira (16), a direção só liberou um funcionário para atendimento médico depois que familiares ameaçaram chamar a imprensa. “O mais impressionante é que, quando ele chegou em casa, após receber atendimento, já havia uma carta de demissão”, contou.

Pinheiro afirmou que os funcionários já registraram no Ministério do Trabalho a chapa para a eleição da Cipa. Segundo ele, a justificativa para a não realização das eleições é a data base da categoria, que é o mês de março. “Como não pode haver demissão 30 dias antes e depois da data base, a direção demite muitos funcionários em janeiro, como uma forma de pressionar a categoria e impedir qualquer tipo de reivindicação. Como a Cipa dá estabilidade aos funcionários, a Proforte quer impedir isso”, afirmou.

O diretor do sindicato também informou que, se não houver negociação, a categoria promete interromper as atividades a partir da segunda-feira (20). Como a Proforte é responsável por 85% do transporte de valores de Londrina, Pinheiro ressaltou que se houver a paralisação o fornecimento de dinheiro aos bancos pode ser prejudicado.

0 comentários para "Funcionários da Proforte param pedindo melhores condições de trabalho"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.