Cancelar
Acesso CNTV

Por atraso de salário, vigilantes de hospitais públicos do DF ameaçam greve

10Set


Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

Responsáveis pela proteção nos hospitais públicos do Distrito Federal, cerca de 2,8 mil vigilantes estão com salários deste mês atrasados. Os trabalhadores são terceirizados das empresas Aval, Ipanema, Brasília e Visan. Elas são responsáveis por prestar serviços à Secretaria de Saúde.

Segundo o Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF), uma greve pode ser anunciada a qualquer momento, caso não sejam depositados os salários.

“Planejamos, sim [paralisação], se esse pagamento não sair. Já enviamos um ofício para o secretário de Saúde, pendido que resolva esse problema”, revela o presidente do Sindesv-DF, Paulo Quadros. “Vamos parar por tempo indeterminado, a qualquer momento estamos paralisando”.

Cerca de 2,8 mil vigilantes foram afetados Daniel Ferreira/Metrópoles

1

Metrópoles entrou em contato com a Secretaria de Saúde, mas ainda não obteve retorno. A reportagem também tenta contato com as empresas responsáveis pelo pagamento. O espaço segue aberto para eventuais manifestações.

0 comentários para "Por atraso de salário, vigilantes de hospitais públicos do DF ameaçam greve"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.