Cancelar
Acesso CNTV

RIO GRANDE DO SUL SINDICATO VAI AJUIZAR AÇÃO DE BLOQUEIO DAS FATURAS DA CAMARGO, QUE FECHOU AS PORTAS

19Jan


Diretores começaram a entregar as notificações pela manhã

Na manhã desta sexta-feira (15) os diretores Luis Henrique Aguiar, Sílvio Ravanel, Adão Ferreira da Silva e o apoio Luiz Carlos Borges começaram a entregar notificações do sindicato aos postos da Camargo Segurança Privada Eireli, solicitando aos contratantes que bloqueiem as faturas da empresa para garantir o pagamento dos salários atrasados dos vigilantes, assim como o vale-transporte e vale-alimentação de dezembro.

Mas, no Sanatório Partenon, os diretores Aguiar e Ravanel foram informados que a empresa fechou as portas e  ontem à tarde, quinta-feira (14), um caminhão teria retirados móveis e equipamentos da sede, localizada na Rua Luzitana, 411, no bairro Higienópolis. Diretores da Camargo que deveriam participar de uma reunião com a direção do Sanatório não apareceram, estavam apenas um guarda líder e um supervisor da empresa.

Além das notificações, que continuaram sendo entregues nos postos, a assessoria jurídica vai ingressar com ação na Justiça do Trabalho pedindo o bloqueio judicial imediato de todos os créditos que a empresa tenha a receber. Já os vigilantes devem comparecer no sindicato, segunda-feira (15), para discutir a situação e receber orientações da direção e assessor jurídico.

As notificações dizem que, na condição de tomadores de serviços, os contratantes precisam “tomar medidas que protejam os trabalhadores terceirizados, bem como prevenir prejuízos ao erário público, sob pena de responsabilização pessoal do administrador e responsável pela fiscalização do contrato”.

Postos notificados

O documento oficial, numerado e com timbre do sindicato, foi encaminhado ao Sanatório Partenon, Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), Trensurb, Secretaria Estadual da Agricultura, Sanatório Partenon, Cais do Porto, Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE), Instituto Geral de Perícias (IGP), Tribunal Regional Federal (TRF) e Procon.

No ofício o sindicato solicita que o posto “proceda imediatamente a retenção da fatura dos créditos da Camargo Segurança Privada Eireli, a fim de garantir o pagamento do salário, vale-alimentação e vale-transporte de dezembro de 2020, FGTS em atraso”, bem como os pagamentos das verbas rescisórias no caso de insolvência da empresa.

Semanas atrás, quando diretores do Sindivigilantes do Sul foram ao Sanatório Partenon verificar a situação no posto, foram muito mal recebidos por vigilantes que disseram que não precisavam do sindicato e podiam se virar com a empresa sozinhos. Vejam no que deu confiarem na empresa, ela fechou as portas sem pagar o que deve e sem dar satisfação para ninguém.

O sindicato vai cumprir, como sempre cumpriu, seu papel de defender os trabalhadores e trabalhadoras nessa situação dramática. Mas que isso sirva de lição para quem ainda se ilude com a conversa fiada dos donos dessas empresas e dos pelegos, pois na hora da verdade é só com o sindicato que os vigilantes realmente podem contar ao seu lado. 

Fonte: Sindvigilantes do Sul

0 comentários para "RIO GRANDE DO SUL SINDICATO VAI AJUIZAR AÇÃO DE BLOQUEIO DAS FATURAS DA CAMARGO, QUE FECHOU AS PORTAS"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.