Cancelar
Acesso CNTV

Auxílio emergencial: confira como será o pagamento da segunda parcela

15Mai

Em ) - 10 13 15

São Paulo – Conforme publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (15), os saques da segunda parcela do auxílio emergencial começarão a partir da próxima segunda-feira (18) para os beneficiários do Bolsa Família. Para quem recebe pela poupança virtual da Caixa, os pagamentos começam na quarta (20). Os demais poderão sacar a partir do sábado seguinte (23).

Para os cadastrados no Bolsa Família, as datas dos saques serão de acordo com o número do Número de Identificação Social (NIS), na seguinte ordem: NIS 1, 18 de maio; NIS 2, dia 19; NIS 3, 20; NIS 4, 21; NIS 5, 22; NIS 6, 25; NIS 7, 26; NIS 8, 27; NIS 9, 28 e NIS 0, 29.

Para quem recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial através da poupança virtual da Caixa, os recursos estarão disponíveis, para transferência, débitos ou pagamento de boletos, de acordo com o mês de aniversário do beneficiário.

Em 20 de maio, nascidos em janeiro e fevereiro. No dia 21: nascidos em março e abril, Dia 22, nascidos em maio e junho. Dia 23, nascidos em julho e agosto. Dia 25, nascidos em setembro e outubro. E dia 26, nascidos em novembro e dezembro.

Por fim, os saques na boca do caixa para os demais beneficiários também ocorrerão de acordo com o mês de aniversário. A justificativa do governo é evitar as filas e aglomerações que ocorreram em todo o país durante o pagamento da primeira parcela.

Em 30 de maio, nascidos em janeiro. Dia 1º de junho, nascidos em fevereiro. Dia 2, nascidos em março. Dia 3, nascidos em abril, Dia 4, nascidos em maio. Dia 5, nascidos em junho. Dia 6, nascidos em julho. Dia 8, nascidos em agosto. Dia 9, nascidos em setembro. Dia 10, nascidos em outubro. Dia 12, nascidos em novembro. E dia 13, nascidos em dezembro.

Balanço

De acordo com a Caixa, quase 100 milhões de pessoas já receberam o auxílio emergencial. E 26 milhões de brasileiros tiveram o pedido negado, porque não se encaixavam nos critérios legais. Outros 12,4 milhões tiveram que fazer o recadastramento, pois os dados foram considerados inconclusivos.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, qualquer pessoa que se cadastrar até 3 de julho receberá as três parcelas do benefício a que tem direito. O cadastro pode ser feito pelo site ou por meio de aplicativo.

Quem não tinha direito, mas recebeu o auxílio, foram cerca de 190 mil militares, incluindo reservistas, reformados, pensionistas e anistiados. O montante desviado somou quase R$ 114 milhões. Na última quarta (13), o Tribunal de Contas da União determinou que os valores pagos irregularmente sejam devolvidos.

0 comentários para "Auxílio emergencial: confira como será o pagamento da segunda parcela"
Deixar um novo comentário

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.

Um valor é necessário.Mínimo de 70 caracteres, por favor, nos explique melhor.