Por: CNTV | Confederação Nacional de Vigilantes & Prestadores de Serviços
Postado: 17/05/2018
Polícia prende três suspeitos de explodir banco e carro-forte durante assaltos no Ceará
 

A Secretaria da Segurança Pública confirmou nesta quarta-feira (16) que a polícia prendeu dois homens suspeitos de explodir uma agência bancária na cidade de Piquet Carneiro, no Sertão Central, interior do Ceará. Dois fuzis foram aprendidos com a dupla.

O ataque ao banco ocorreu na madrugada do dia 10 de maio, quando criminosos invadiram o município, atiraram contra o destacamento policial e explodiram o estabelecimento. O prédio ficou destruído e, em seguida, a quadrilha fugiu.

De acordo com a SSPDS, a prisão ocorreu durante uma ação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com apoio do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

Carro-forte

Além dos suspeitos de atacar o banco em Piquet Carneiro, a polícia prendeu um homem apontado com um dos autores do assalto a um carro-forte em Santa Quitéria, no dia 7 de maio.

O caro-forte foi interceptado por uma quadrilha no quilômetro 168 da rodovia CE-176. Os criminosos explodiram o veículo e roubaram o dinheiro transportado.

Números

De acordo com o Sindicato dos Bancários, o Ceará registrou 18 ataques a estabelecimentos financeiros neste ano. Foram quatro carros-fortes atacados no ano.

Testemunha relata pânico vivido durante assalto a carro forte em shopping de Vila Velha

 

Ela contou que quem estava em uma academia se escondeu no interior de um banheiro.

 

Por volta das 7h30 desta terça-feira (15), a rotina de várias pessoas que foram fazer exercícios físicos em uma academia dentro de um shopping de Vila Velha foi alterada. De acordo com uma testemunha, todos ficaram assustados e com muito medo dentro do local.

“Eu não vi a movimentação do assalto, pois estava no banheiro. Foi aí que todas as luzes da academia se apagaram e as mulheres entraram correndo, chorando... Elas gritavam dizendo que havia pessoas armadas dentro do shopping. Os professores disseram que era pra gente ficar dentro do banheiro até que tudo acabasse. As portas da academia também foram trancadas”, contou.

Segundo a testemunha que preferiu não ser identificada, após os criminosos irem embora, os instrutores da academia relataram que os suspeitos estavam desde cedo com roupas de uma empresa de manutenção. Quando um carro forte foi até o shopping abastecer os caixas eletrônicos, os criminosos anunciaram o assalto.

“Só descobrimos isso porque duas meninas saíram antes e encontraram com os assaltantes. Elas foram ameaçadas e voltaram para a academia. Lá, elas avisaram o que estava acontecendo e os seguranças foram acionados”, disse.

O local não estava lotado, de acordo com a testemunha, mas havia cerca de 30 pessoas praticando exercícios. “Todo mundo ficou assustado mais por conta da luz apagada e da porta fechada. As mulheres ficaram muito mais, além do medo de sair”, relatou.

O crime

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), quatro suspeitos arrombaram o portão do local e abordaram uma equipe de seguranças de um carro forte. A PM disse que o veículo estava estacionado nas proximidades. O grupo conseguiu levar malotes que estavam no carro forte e fugiram em um Honda Fit. 

 

Fonte: Redação Folha Vitória