Por: CNTV | Confederação Nacional de Vigilantes & Prestadores de Serviços
Postado: 12/12/2017
Vigilantes de Niterói e região definem propostas para Campanha Salarial 2018
 

Vigilantes de Niterói e região realizaram a primeira assembleia da campanha salarial 2018 no último sábado (09/12), na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói. A categoria discutiu as propostas da pauta de negociação com os patrões que começa em janeiro.

Todos os trabalhadores tiveram a oportunidade de participar e discutir saídas para garantir os direitos já conquistados na Convenção Coletiva. O Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo e região (SVNIT) reforçou o pedido para que os demais sindicatos do Estado se manifestem a respeito da proposta do SVNIT para unificar a campanha salarial.

“Vamos aguardar os Sindicatos ligados à Federação dos Vigilantes (FEV) até o dia 20 de dezembro de 2017. Se não tivermos respostas vamos agendar uma reunião com os Sindicatos que já concordaram e vamos fechar a pauta e encaminhar aos patrões”, afirma Claúdio Vigilante, presidente do SVNIT.

Os Sindicatos dos Vigilantes de Petrópolis, Duque de Caxias e Itaguaí já se manifestaram favoráveis à unificação. O Sindicato de Volta Redonda também deve apoiar a unificação das negociações, de acordo membros da diretoria.

“Foi um debate muito importante, pois todos os vigilantes participaram ativamente com propostas questionamentos”, disse Cláudio Vigilante.

 

As propostas aprovadas foram:

- Reajuste salarial de 10% mais a inflação (INPC) do período;

- Realização das negociações no MTE para dar oportunidade aos vigilantes de acompanhar;

- Manutenção das cláusulas da CCT anterior com alterações em itens da reciclagem e tíquete refeição;

- Mudança da data base para janeiro;

- Plano de Saúde;

- Redução do desconto do tíquete refeição para 5%;

- Reciclagem seja feita 05 dias corridos;

- Gratificação de 20% sob o Piso da Categoria para os Vigilantes Bancários;

- Fixação da carga horária para os vigilantes bancários;

- Colete à prova de bala para as vigilantes femininas;

- PLR (Participação no Lucro das Empresas);

“É importante que todos os vigilantes da nossa base territorial continuem participando das assembleias convocadas pelo Sindicato. Só com a nossa união vamos alcançar bons resultados”, conclui Cláudio Vigilante.

 

Fonte: SVNIT