Por: CNTV | Confederação Nacional de Vigilantes & Prestadores de Serviços
Postado: 23/02/2011
São Luis-MA - Contratados da Semed fazem protesto contra salários atrasados
Vigilantes estão entre os manifestantes
 
SÃO LUÍS - Funcionários terceirizados da Secretaria Municipal de Educação (Semed) reclamam que estão sofrendo com um atraso salarial de até quatro meses. O problema atinge, segundo os manifestantes, aproximadamente, dois mil servidores contratados pela Semed, entre funcionários terceirizados do setor administrativo, apoio operacional, vigilantes e serventes.

Por conta do atraso no pagamento dos salários, os servidores terceirizados interditaram a rua 7 de Setembro em protesto. Eles exigem que a secretária municipal de Educação, Sueli Tonial, receba uma comissão para negociar.

No caso do setor operacional, integrantes de uma cooperativa que presta serviço à prefeitura, a Multicoop Maranhão, seriam pelo menos 1.400 funcionários que estariam com quatro meses de salários atrasados.